A Publicidade e a Páscoa

A Páscoa é uma festividade cristã para comemorar a ressureição de Jesus Cristo. O termo “Páscoa” deriva do latim Pascha, do grego bíblico Πάσχα Paskha e do hebraico פֶּסַח (Pesaḥ ou Pesach).  

O símbolo do Ovo de Páscoa surgiu de uma das tradições mais antigas que consistia em utilizar ovos de galinha tingidos ou pintados para presentear os entes queridos, pois data festiva que comemora a ressurreição de Jesus Cristo, sendo o ovo um símbolo de nascimento. Já o Coelho representa a fertilidade, o nascimento e a esperança da vida.

Os criadores dos ovos de Páscoa foram os Pâtissiers franceses, que recheavam ovos de galinha, depois de esvaziados de clara e gema, com chocolate e os pintavam por fora. Foi só a partir do final do século XIX, com a evolução tecnológica, que os ovos passaram a ser inteiramente feitos de chocolate e são os utilizados até hoje.

A Páscoa, do jeito que compreendemos, chegou às Américas pelos imigrantes alemães, entre o final do século XVII e o início do século XXVIII.

A publicidade tal qual a conhecemos atualmente surgiu no Brasil em meados de 1800. A partir de 1807 com a transferência da corte portuguesa para o Brasil, e em 1808 com a criação da Imprensa Régia, surge o primeiro jornal oficial do país: Gazeta do Rio de Janeiro.

Jornal, classificados e agência de propaganda: esse trio entra em cena em 1891, com a criação da “Empresa da Publicidade e Comércio”. A partir daí a propaganda deslancha e ao longo dos anos toma conta dos jornais, revistas, rádios, TV, e hoje, da internet. 

A publicidade sempre ditou modas, tendências, estilos de vida, além de criar e gerenciar desejos, disseminando ideias, marcas e estimulando as vendas dentro das sociedades. As propagandas impulsionaram a celebração da Páscoa e as vendas de Ovos de Páscoa. Empresas, cada vez mais, buscavam formas de atrair seus consumidores e diferenciais para os seus produtos. Não só pela venda do ovo em si, mas sim pela ideia do coelho que traz o ovo, deixa pegadas, brinca com o lúdico das crianças, aproxima pais e filhos em uma brincadeira e um momento divertido em família. A tradição de compartilhar ovos com os familiares e pessoas amadas só cresceu e ficou mais forte com o passar do tempo.

Em 1962 a Pan já fazia sua propaganda de Páscoa:

Ovos de Páscoa Pan - 1962


Fonte: Propagandas Históricas 


A publicidade e a propaganda são uma forma de comunicação já bem disseminada no mundo e na população brasileira. Por isso, ao longo dos anos os consumidores se tornaram cada vez mais críticos quanto as propagandas das organizações e hoje, com as redes sociais, eles perdem o papel de receptor passivo e passam a ser agentes ativos em relação a comunicação e a propaganda das empresas.

Podemos ver a propaganda da Lacta em 2014 voltando sua comunicação para o lado mágico e lúdico, mas também focando no lado família.

A Magia da Páscoa



Fonte: Blog W3haus

E por fim, vemos como as marcas aproveitam de tópicos que estão em alta no momento para divulgar e vender seus produtos, oferecendo além do tradicional chocolate, brindes que atraiam o consumidor final.

Next PostMeu Mundo Caiu
Comentários (0)
Deixe seu comentário